Pastor EvangĂ©lico Ă© Contatado pela PolĂ­cia Federal ApĂłs Oração PolĂȘmica

Por A Voz da Região em 29/01/2024 às 08:32:45

O pastor evangélico Anderson Silva, lĂ­der da igreja brasiliense Vivo por Ti, estĂĄ no centro de uma controvérsia após uma oração feita em uma transmissão ao vivo com o deputado federal Nikolas Ferreira. Durante a transmissão, Silva pediu que Deus "arrebentasse a mandĂ­bula" do presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva.

A declaração provocou uma reação imediata, levando o ministro da Justiça, FlĂĄvio Dino, a acionar a PolĂ­cia Federal por incitação à violĂȘncia. Em resposta, Silva afirmou que não incitou crime contra ninguém e que estava sendo vĂ­tima de perseguição.

Silva defendeu suas palavras, explicando que a expressão usada era uma metĂĄfora, referindo-se à linguagem dos salmistas na BĂ­blia. "A mandĂ­bula é onde o opositor te dĂĄ a mordida, então o salmista clama a Deus, para que Deus lide com a autoridade que o opositor tem. Não incitei violĂȘncia contra absolutamente ninguém", afirmou.

O caso continua em investigação pela PolĂ­cia Federal.

Investigação da PF Solicitada por Dino após Transmissão Viralizar


Seguindo a ampla divulgação da live em junho, FlĂĄvio Dino recorreu às suas plataformas de mĂ­dia social para anunciar que havia pedido uma investigação sobre o incidente. Ele declarou:

"A frase que incita violĂȘncia é anticristã. E criminosa, por isso mandarei hoje para a PolĂ­cia Federal"

Fonte: Estadão

Comunicar erro
outlet

ComentĂĄrios