ARRAIA DO BERIMBAU 2022 BANNER 728X90 LOCAL 1

Em noite de estreantes, Vitória bate Manaus e vence primeira na Série C

Leão foi melhor na segunda etapa e agora tentará se manter afastado da zona de rebaixamento

Por Vinícius Harfush em 01/05/2022 às 07:08:52

Barradão

Enfim, os três pontos. Foi só na quarta rodada, mas a torcida do Vitória finalmente pôde comemorar o primeiro triunfo do time na Série C do Brasileirão. E justamente em uma das semanas mais turbulentas do ano, com mudanças no comando técnico e administrativo, pressão dentro do campeonato e diversas alterações no time titular, o Leão conseguiu ser superior ao Manaus e venceu por 1 a 0 no Barradão.

O gol, que saiu aos 17 minutos da segunda etapa, foi marcado pelo zagueiro Marco Antônio, estreante na Série C, e que foi escalado no onze inicial por outra figura que estreava na noite deste sábado (30). Do banco de reservas, o treinador Fabiano Soares começou sua caminhada no Vitória com o pé direito, mas demorou a ver suas mexidas surtirem efeito dentro de campo.

As principais delas, talvez, no setor defensivo. Não só pelo gol, que saiu da cabeça de Marco Antônio após escanteio cobrado por Gabriel Santiago, e que ainda contou com uma falha do goleiro Matheus Inácio ao furar a bola no alto. A zaga do Vitória foi formada, inicialmente, por Marco, que entrou no lugar do lesionado Ewerton Páscoa, e Alan Santos, para a saída de Mateus Moraes. Alan foi recuado do meio-campo.

É bem verdade que a improvisação não durou muito. Antes do intervalo o volante sentiu dores na perna e Moraes - que era dúvida também por dores musculares - voltou ao time titular. Além dessas, foram promovidas outras cinco alterações no time inicial em relação a derrota contra o Ypiranga. Sánchez e Iury, nas laterais, João Pedro e Gabriel Santiago, no meio, além de Guilherme Queiroz no ataque. Formando um 4-3-3 em campo.

Mas a primeira etapa, aliás, foi bem parecida com as atuações que a torcida acompanhou nos três primeiros jogos. Pouca movimentação no meio e subidas ofensivas sem muito perigo. A mais clara delas veio em falta frontal batida pelo lateral Sánchez. O camisa 6, que também estava estreando, chutou forte, a bola desviou no caminho e passou perto do gol do Manaus.

Do outro lado, o adversário se mostrou mais efetivo nas jogadas ofensivas e levou perigo em dois chutes do meia Branquinho. Em um deles, cortando para a perna esquerda e obrigando Lucas Arcanjo a fazer grande defesa.

Evolução na segunda etapa

A descida pro vestiário, porém, foi positiva pro rubro-negro, que resistiu às chegadas do Manaus no começo do segundo tempo e, depois dos 10 minutos, conseguiu encaixar jogadas de velocidade pelo meio e levar perigo ao gol do Gavião do Norte.

Em uma delas, Santiago fez boa ligação entre defesa e ataque e deu bola em profundidade a Guilherme Queiroz. O camisa 9 chegou inteiro na bola, mas chutou fraco na meta. No rebote, devolveu a redonda para área e sobrou para Gabriel Santiago novamente, mas ele chutou em cima da defesa adversária. Pouco tempo depois, no escanteio, o Leão abriu o placar.

Após o gol, o jogo ficou confortável para Fabiano Soares. Que já tinha promovido ao campo Tréllez, para jogar ao lado de Queiroz e dar mais volume no setor ofensivo, e Dionísio no lugar de Léo Gomes. Mas quem mais aproveitou as chance no ataque foi Alisson Santos. Sumido na primeira etapa, conseguiu achar espaços e deu algum trabalho para o goleiro do Manaus no segundo tempo.

A defesa conseguiu se comportar bem com a vantagem. Era natural que, com o andar do cronômetro, o Manaus se lançasse ainda mais ao ataque. Mas pelo chão foram poucas bolas claras para o time do Amazonas. Renanzinho, que tinha entrado no lugar de Branquinho, foi o responsável pelos dois principais ataques. Um pelo alto, numa cabeçada, e o outro em chute forte. Melhor para Lucas Arcanjo.

O saldo do time terminou positivo no Barradão. Apesar da demora em engrenar na partida, ainda mais com a presença de jogadores que não vinham atuando há algum tempo, como o próprio Marco Antônio e Guilherme Queiroz, o Vitória se mostrou mais consciente com a bola no pé e tornou a posse mais efetiva em comparação aos jogos anteriores.

Com os primeiros três pontos, o Vitória ocupa a 15ª posição na tabela, mas mantém o sinal de alerta ligado, já que pode voltar pro Z4 ainda na rodada dependendo de outros resultados. Agora está a quatro pontos do G8, que classifica para a próxima fase da Série C. O próximo confronto do Leão será na segunda-feira, 9 de maio, contra a Aparecidense, fora de casa.




FICHA TÉCNICA

Vitória 1 x 0 Manaus - 4ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro

Vitória: Lucas Arcanjo; Sánchez, Marco Antônio, Alan Santos (Mateus Moraes) e Iury; João Pedro, Léo Gomes (Dionísio) e Gabriel Santiago (Eduardo); Alisson Santos, Guilherme Queiroz (Roberto) e Jefferson Renan (Tréllez). Técnico: Fabiano Soares.

Manaus: Matheus Inácio; Weriton, Claudinho, Paulo Sérgio e Renan; Felipe Baian (Thiaguinho), Gilson e Roney (Marco Antônio); João Denoni (Luiz Felipe), Branquinho (Renanzinho) e Hélio Paraíba. Técnico: Evaristo Piza.

Estádio: Barradão
Gol: Marco Antônio, aos 17, do 2º tempo
Cartão amarelo: Hélio Paraiba e Weriton (Manaus)
Arbitragem: Salim Fende Chaves, auxiliado por Evandro de Melo Lima e Vitor Carmona Metestaine (trio de SP)

Fonte: A Voz da Região / Correio24horas

Comunicar erro
TS EVENTOS BANNER 728X90 LOCAL 2

Comentários

ACEND BANNER 728X90